segunda-feira, 2 de abril de 2018

Oito dicas para aproveitar o home office

Recentemente eu achei um artigo com "8 dicas para aproveitar ao máximo o home office", que na minha opinião teve a vantagem de misturar algumas dicas "clássicas" com outras dicas mais "espertinhas".

Algumas ds dicas que constam nesse artigo são mais tradicionais e encontramos facilmente encontramos em qualquer artigo parecido, como é o caso das dicas seguintes:
  • Estabeleça horários com disciplina. Disciplina é fundamental, e ao mesmo tempo, um dos aspectos mais difíceis de se manter no home office. Por estar em casa, é tentador ficar mais tempo na cama, enrolar na hora do almoço ou ligar a TV da sala para assistir um episódio daquela  sua série favorita. Para o trabalho render sem perder o foco, é importante respeitar uma rotina profissional: acordar sempre no mesmo horário, arrumar a cama e, antes de começar a trabalhar, tomar banho e tomar o café da manhã;
  • Invista em um local fixo e equipado de trabalho. Organize um espaço em sua casa para ser o escritório, com tudo o que você precisa no seu dia-a-dia: uma cadeira confortável, uma mesa funcional, material de escritório, rede wireless, impressora, etc. Trabalhar cada dia de um cômodo diferente da casa é pouco profissional, já que fica mais difícil separar quando você está realmente trabalhando e quando está apenas com seu computador ligado, fazendo outra coisa. Levantar a todo instante para buscar algo fora do escritório - uma caneta, um copo de água, papeis e anotações - também pode afetar o rendimento;
  • Comunique aos amigos e familiares que você não está à disposição. Para quem mora com você, pode ser difícil entender que você está em casa, mas não está disponível para assuntos pessoais (como resolver problemas, fazer compras ou sair para um chope no meio da tarde). É preciso deixar claro qual é o seu horário de expediente. Tenho colegas que fecham a porta do escritório, ou usam roupa da empresa para deixar explícito que estão trabalhando.
Entretando, o que mais me chamou a atenção foram as dicas abaixo, pois são bem importantes e poucas vezes lembradas:
  • Lembre-se de sair de casa de vez em quando. É comum que, ao trabalhar em home office, você fique o tempo todo em casa, quase que isolado fisicamente de outras pessoas. Você trabalha em casa, almoça em casa, toma um cafezinho da tarde em casa e faz tudo por telefone. Nesse modo de vida, existe um risco alto de você passar dias sem ver a luz do sol. Marque almoços com amigos, tome café na padaria, caminhe ou pedale na rua, resolva pendências externas pessoalmente;
  • Caso se sinta sozinho, mude de ambiente. Trabalhe em algum café tranquilo ou opte por usar um espaço de coworking para ter mais contato com outras pessoas. Isso ajuda a afastar essa sensação de isolamento;
  • Exercite sua concentração. Aproveite para se livrar de coisas que te distraiam no ambiente de trabalho, como muito movimento, conversas em tom alto, reuniões a toda hora, mas tenha cuidado para não substituir isso tudo por outras distrações, como o seu sofá confortável, seu cachorro, seu Netflix, etc;
  • Deixe a casa organizada. Se o seu ambiente de trabalho remoto é na sua moradia, ele precisa ter a seriedade de um escritório. Mantenha a casa limpa e as coisas nos seus lugares. Bagunça ao seu redor vai gerar procrastinação e falta de foco;
  • Saiba encerrar o expediente. Por já estar em casa, você pode acabar estendendo seu expediente indefinidamente (resolvendo problemas, respondendo e-mails, lendo artigos, etc) só porque já está com o computador aberto mesmo. O grande desafio trabalhar demais, e não o contrário. Crie uma rotina aonde você estabelece um horário para terminar o trabalho diariamente, como por exemplo indo na academia no final do dia, marcando happy hour com os amigos e colegas, indo jantar fora, etc.

terça-feira, 13 de março de 2018

Fotos de home office

O meu amigo Lucas Donato compartilhou no Facebook uma foto de seu novo espaço de Home Office:


Na minha opinião, o ambiente ficou bem bonito, com as cores do ambiente e o tipo de prateleira dando um tom austero e, ao mesmo tempo, tranquilo. A iluminação abaixo das prateleiras ficou excelente!

Ele contou com o trabalho da Le Goulart Arquitetura para montar o ambiente.

segunda-feira, 23 de outubro de 2017

Trabalho remoto no Brasil

Duas pesquisas antigs mostram a adoção do trabalho remoto no Brasil, uma divulgada pela DELL no ano passado e outra pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) no início desse ano.

Segundo o estudo "Retratos da Sociedade Brasileira" da CNI, revela que 81% dos trabalhadores do país gostariam de ter flexibilidade quanto ao local de trabalho, como poder trabalhar de casa ou de locais alternativos em caso de necessidade.


Outra pesquisa, a "Future Workforce Study" ("Estudo sobre o Futuro da Força de Trabalho") publicada pela Dell e Intel, traz estatísticas sobre o trabalho remoto no mundo e no Brasil. O estudo, realizado pela Penn Schoen Berland, contou com a participação de 3.800 profissionais pequenas, médias e grandes companhias em dez países.

No que se refere ao mercado brasileiro, o estudo traz alguns dados:
  • 53% dos entrevistados do Brasil informaram realizar alguma atividade profissional de forma remota, por meio da Internet;
  • 47% dos brasileiros consideram que seus escritórios não são inteligentes o suficiente, 41% avaliam que são adequados e só 10% dizem que trabalham em escritórios bastante inteligentes;
  • 89% dos profissionais no Brasil consideram importante que o ambiente de trabalho tenha tecnologias de interação remota;
  • Os principais equipamentos utilizados no dia-a-dia dos profissionais no Brasil são: o desktop (84% das respostas), smartphones (60%), notebooks (55%), tablets (37%), notebooks 2 em 1 (31%) e celulares (30%).

segunda-feira, 9 de outubro de 2017

Fotos de home office

Tirei essas fotos no hotel Mercure Batel, de Curitiba.




A disposição e o design da mesa de escritório me encantou pela simplicidade, praticidade e visual moderno. A mesa, em formato arredondado, fica entre a porta de entrada do quarto e a cama, defrente para o quarto e para a janela. Uma luminária garante a iluminação do espaço de trabalho.


segunda-feira, 14 de agosto de 2017

Os Mitos do Trabalho remoto

O paper da pesquisa global da Polycom sobre o trabalho remoto, "Anywhere Working" (nota de imprensa), traz uma sessão interessante ciom três mitos do trabalho remoto:

  • Mito: trabalhar longe do escritório me deixará sozinho.
  • Verdade: Participar frequentemente de chamadas de vídeo garante que você desenvolva e mantenha boas relações com todos os colegas e partes interessadas;
  • "Minha versão da Verdade": Sim, se você não fizer um esforço constante de socialização, você vai virar um hermitão. Marque encontros presenciais e almoços com colegas de trabalho, clientes ou amigos (sugiro mais de uma vez por semana); participe de reuniões com vídeo, como sugerido pela Polycom;
  • Mito: Trabalhar remotamente poderia comprometer minhas chances de progressão na carreira. 
  • Verdade: Certifique-se de entregar resultados sólidos e manter contato com seu gerente regularmente.
  • Mito: Trabalhar remotamente significa apenas trabalhar em casa.
  • Verdade: Trabalhar remotamente, em qualquer lugar, realmente significa "em qualquer lugar". Os funcionários devem escolher seu lugar favorito e trabalhar a partir daí. Não apenas a sua casa, mas cafés, espaços de co-working, hotéis, são boas opções. O trabalho remoto também permite trabalhar em trânsito ou a qualquer momento que seja necessário, desde aeroportos até o lobby da academia, a piscina do hotem ou um parque - desde que você tenha a tecnologia necessária (equipamento e conectividade).
  • Minha observação: Eu mesmo já trabalhei algumas vezes na área da piscina de hotéis ;)

quinta-feira, 20 de julho de 2017

Pesquisa Otimista sobre adoção de Home Office no Brasil

Uma pesquisa global divulgada pela Polycom no início desse ano mostrou um quadro muito positivo sobre a adoção do home office no Brasil, com alguns dados acima da média mundial. Veja alguns números da pesquisa "Anywhere Working":
  • 98% dos entrevistados concorda que a oportunidade de trabalho em qualquer lugar aumenta a produtividade, pois as pessoas podem optar por trabalhar onde são mais eficientes;
  • 62% da população trabalhadora do mundo já tiram vantagem do trabalho flexível;
  • 89% dos empregados em todo o mundo usam tecnologias de colaboração;
  • 91% dos entrevistados concordam que a tecnologia de vídeo colaboração melhora o trabalho em equipe;
  • 80% dos pesquisados no Brasil podem trabalhar remotamente;
  • 37% das empresas brasileiras entrevistadas adotam prática do home office;
  • Usando a tecnologia de colaboração regularmente, 85% dos brasileiros garantem que suas equipes sejam produtivas;
  • 76% dos brasileiros dizem que são mais eficientes ao escolher onde trabalham;
  • 36% dos brasileiros vem a melhora no seu bem estar como a principal razão para trabalhar de forma flexível;
  • 34% dos entrevistados priorizam a possibilidade de consequir cuidar dos filhos;
  • 60% dos entrevistados sente que não há orientação clara sobre a política de trabalho remoto da empresa e gostaria de receber orientações do RH.
Segundo a pesquisa, os brasileiros são conhecidos por trabalhar com afinco, mas sem deixar de lado o lazer, na busca pelo equilíbrio entre a vida pessoal e a profissional.

A pesquisa da Polycom também destaca que a produtividade e o trabalho em equipe são aprimorados quando os funcionários podem escolher onde trabalhar, e que é possível manter uma equipe dispersa sem impactar o progresso de projetos com o uso de vídeo colaboração para fazer check-in e relatar atualizações.

Mas, cá entre nós, eu achei esse número de 80% bem elevado, muito acima da percepção que eu tenho do mercado em geral. Na minha opinião, a pesquisa trabalhou com uma amostra bem pequena: 25.234 pessoas entrevistadas em 12 países.

Vale a pena dar uma olhada no relatório, pois ele também aborda como os Millennials, a geração Baby Boomers e os funcionários com filhos se adaptam ao trabalho remoto.

segunda-feira, 29 de agosto de 2016

O home office da Dell no Brasil

O site Adoro Home Office tem um artigo interessante sobre a estratégia de home office adotada pela Dell no Brasil e no mundo, com destaque para os benefícios econômicos para a empresa. Este artigo é baseado em uma reportagem da CNN.

Vejam alguns dados apontados pelo artigo:
  • Os funcionários da Dell trabalham remotamente 10 dias por mês, em média;
  • A Dell tem conseguido economizar em torno de 12 milhões de dólares por ano em custos imobiliários;
  • A política home office da Dell abrange 25% dos funcionários, incluindo os que trabalham remotamente o tempo todo de ou apenas alguns dias da semana;
  • O objetivo da empresa é dobrar a participação do trabalho remoto e ter 50% dos colaboradores em home office em 2020;
  • Os colaboradores que trabalham remotamente reduziram suas viagens em cerca de 200 milhões de quilômetros por ano, o equivalente a retirar 7.400 carros do trânsito;
  • Na Dell Brasil, 85% dos funcionários têm flexibilidade de horário.


O artigo destaca que, para a Dell, o trabalho remoto é uma estratégia consciente de negócio e que gera economia de dinheiro.. Os funcionários tem liberdade para escolher aonde querem trabalhar (no escritório ou remotamente), desde que forneçam os resultados esperados pela empresa - exceto se a função deles exigir a sua presença, como no caso dos funcionários que trabalham nas linhas de produção das fábricas.